JPG Bota 728x90
Combine 5 alimentos com a academia para ficar em forma | TheGirls+
Combine 5 alimentos com a academia para ficar em forma

Combine 5 alimentos com a academia para ficar em forma

Uma alimentação saudável pode potencializar os resultados da prática de exercícios regular. Experimente os alimentos abaixo para cumprir a sua meta

A maioria das pessoas já sabem que uma alimentação saudável aliada à prática de atividades físicas é a receita para se manter em forma. No entanto, é possível potencializar esse hábito com a escolha de alguns alimentos específicos para obter um resultado mais efetivo e mais rápido.

Você com certeza possui um objetivo para se exercitar. Perder peso e ganhar massa muscular são os mais comuns, mas a promoção da saúde também é importante. Alguns atletas desejam praticar o autoconhecimento, enquanto que outros precisam treinar para uma grande competição.

Independente das metas impostas, ingerir refeições saudáveis é uma forma eficaz de chegar lá. Além de manter uma alimentação balanceada, com a ingestão de todos os grupos nutricionais possíveis durante todo o dia, saiba quais são as comidas saudáveis que você deve incluir na sua dieta para intensificar os resultados da prática:

Cereais integrais - TheGirls+

  1. Cereais integrais

Praticantes que estão buscando ganhar músculos para deixar o corpo tonificado e “trincado” precisam consumir alimentos com baixo índice glicêmico. Com eles, os carboidratos são transformados em açúcar no sangue de forma gradual, essencial para garantir a energia durante todo o treino, pois você precisará de força e determinação durante a musculação para sair satisfeito da academia. Dê preferência para os cereais que são ricos em fibras, como a aveia e a granola. Eles podem ser consumidos na composição do pão ou do macarrão durante as refeições, puros, com iogurte ou frutas no meio da tarde.

pimenta-caiena-Cereais integrais - TheGirls+

  1. Pimenta caiena

A novidade entre os alimentos que emagrecem é esta pimenta, também chamada de pimenta vermelha. Com alto grau de picância, esse alimento libera uma substância no organismo chamada catecolamina, que age no controle da fome. Ela também possui capsaicina, que tem efeito termogênico, aumentando a temperatura corporal, o funcionamento do metabolismo e a queima de calorias.

A recomendação é de ingerir uma colher de café por dia, misturada a outras refeições, salgadas ou doces, como o tempero da carne ou o toque especial no shake proteico. Ela também pode ser consumida através do chá, com um pouco de limão para garantir mais vitaminas. Combine com exercícios de alto gasto calórico, como a corrida, para eliminar os quilos a mais.

SUCO VERDE- TheGirls+

  1. Suco verde

De fácil digestão, o chá verde é uma boa opção de alimentação saudável e leve, assim como as práticas de autoconhecimento e relaxamento como yoga e Tai chi chuan.  O suco verde facilita a ingestão de nutrientes do dia a dia, não deixa o estômago pesado nem inchado e elimina a indisposição que pode acometer o praticante antes do treino.

Para que ele forneça a energia necessária para a atividade, prefira tomar sem coar, garantindo que as fibras dos alimentos sejam absorvidas pelo seu organismo. Varie nas folhas verdes (couve, espinafre, folha de beterraba), na base (água, água de coco natural, chá), nos cítricos (laranja ou limão) e na fruta (abacaxi, maçã, melão).

Abacate- TheGirls+

  1. Abacate

Apesar de ser conhecido como um alimento calórico, o abacate é rico em gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, consideradas as “gorduras boas” para a saúde, e pobre nas saturadas, que são prejudiciais. Ele ajuda na resistência à insulina, combatendo o diabetes, e na prevenção de doenças cardiovasculares, pois reduz o colesterol ruim e eleva o bom.

Ele também é capaz de inibir a produção de cortisol, que abre o apetite, e de promover o ganho de massa muscular, mas é preciso tomar cuidado para não exagerar, com a ingestão de até quatro colheres de sopa diárias do alimento. Qualquer tipo de atividade física é benéfica para evitar esse tipo de doenças, por isso, procure a modalidade de sua preferência.

Carne vermelha e peixes - TheGirls+

  1. Carne vermelha e peixes

Quem pratica esportes de alto impacto como o crossfit ou está treinando para uma grande competição já deve ter ouvido falar da dieta paleo. Ela propõe uma alimentação similar a do “homem das cavernas”, com alto consumo de proteínas e gorduras e baixa ingestão de sódio, além de vitaminas, minerais, antioxidantes e fitoquímicos.

Por isso, se você precisa erguer pesos, correr, empurrar e saltar, tudo de forma intensa e bem executada, é recomendado o consumo de proteínas em forma de carnes magras e vermelhas, além dos peixes ricos em ômega 3, principalmente durante o almoço e o jantar.

Dicas para os treinos:

  • Não vá praticar exercícios físicos de estômago vazio

É fundamental fazer uma refeição saudável antes de ir para o seu treino, preferencialmente de duas horas a 40 minutos antes de iniciar. Treinar em jejum, mesmo que o seu objetivo seja a perda de peso, é prejudicial para o seu organismo, que não tem de onde tirar energia, e também afeta o seu rendimento.

Você ficará indisposto, sentirá tonturas e náuseas e pode até mesmo desmaiar, acabando de vez com o treinamento do dia. Se a situação acontecer com frequência, ficará inviável manter uma rotina adequada de exercícios físicos, pois, se você notar algum dos sintomas anteriores, deve parar o treino imediatamente e se alimentar aos poucos, especialmente de carboidratos.

  • Escolha o local de treino que mais combine com você

Muitas vezes as pessoas escolhem a academia convencional, mas pode não ser o melhor local para treinar. Se o seu orçamento está apertado, uma academia ao ar livre pode ser uma escolha mais viável.

Além disso, treinar ao ar livre pode trazer mais resultados do que uma academia convencional. Um exemplo disso é a corrida: correr em uma esteira é diferente de uma corrida na rua, pois a rua não tem o mesmo plano reta e estável da esteira e isso fará com que você se movimente mais.

Comentários

Comentários